Dados da família:

Emiliano Celestino Chiambo de 8 meses de idade é a criança que nos leva a escrever essa história de sucesso. A tutora chama-se Rosalina Wandi

Situação da família antes de serem admitidas ao FF.

A tutora é jovem de 27 anos de idade, antes vivia com um senhor no qual tiveram um filho, por fim, acabou por se separar deste. Depois juntou-se a um outro senhor no qual tiveram dois filhos. Antes da concepção do segundo filho a tutora acabou por contrair uma doença que a impossibilitou de amamentar a criança com leite materno, tendo mesmo que optar pelo leite NAN. Mas a tutora enfrenta imensas dificuldades para conseguir amamentar a criança, pois ela não trabalha e o seu esposo faz pequenos biscatos, algo que nem sempre lhe possibilita trazer o leite ou comida para a família. Vivem em casa de aluguel e isso condiciona ainda mais a sua situação.

SUCESSO A CELEBRAR

Emiliano Celestino Chiambo de 8 meses de idade é a criança que nos leva a escrever essa história de sucesso. A tutora chama-se Rosalina Wandi

No dealbar do ano 2017 através de uma funcionária do MINARS a tutora conheceu o Fortalecimento Familiar e clamou por socorro. Assim, o programa recebeu-a, admitindo-a. A família passou a beneficiar-se de uma cesta básica numa base mensal, pasando as crianças a ter três refeições quentes ao dia, a criança ora recém-nascida que é amamentada por meio do leite NAN e que por falta disso se alimentava de quissángua passou a beneficiar-se de 4 latas mensais de leite NAN1 dado pelo PFF, vindo de parceiros individuais.

A tutora mostrou.-se satisfeita com os apoios recebidos e disse:

-Não sei mesmo se o meu bebé resistiria tomando quissángua se vocês não aparecessem na minha vida.

Até a presente data a criança apresenta um bom aspecto, saiu do leite NAN1 para o leite NAN2, algo que constitui um sucesso para nós.

fruto do apoio recebido   arduamente para garantir estas duas refeicoes. Vendia rebussados numa pequena barraca que montou para sobreviverem. Saia de casa ate o mercado do Chioco a pe para caular os sugos ( rebussados). Era muito difícil saber o lucro, porque o que ela vendia servia já naquele momento para o almoço ou jantar, não havia poupança. A fonte de rendimento era de dois mil kwanzas. As crianças já tinham cédulas pessoas e um frequentava a escola. O rapaz não tinha material escolar, a par de cadernos e uma bata antiga. Tinha que usar a mesmo roupa repedidas vezes, porque não tinha roupa suficienta para passar a trocar com os demais colegas.