Um futuro mais visivel

Quando era mais pequena ser medica era apenas um sonho mas, agora é uma realidade e estou cada vez mais proximo de fazer o que sempre sonhei fazer…… curar e cuidar das pessoas necessitadas só para as poder ver saudável.

graças ao seu generoso apoio e porque também tive sempre boas notas em biologia, estou a termina o meu curso de enfermagem geral e poderei fazer a diferença no ramo da saúde e acredito que vou poder cuidar de todos doentes, vou ser uma grande profissional para que muitos sejam felizes ou saudáveis”. Garante Emília que agora esta com 17 anos de idade e em um bom caminho academico.

Sua mãe esta muito feliz por que a Mila está dedicada nos seus estudos e por ser a mais velha de casa, tem grande responsabilidade, …… é um orgulho ter uma filha como a Mila, ela esta sempre bem disposta… diz a mae Demilda. No seu tempo livre Mila gosta de passar tempo com a sua melhor amiga Delfina, No seu tempo livre vai ao jango para os ensaios de dança e teatro e as vezes saltar corda e brincar garrafinha.

 

Progresso de uma família

“ Angelina Nawandi é residente na Comunidade do Nanguenha , entrou no programa no dia 28.11.2014, é Avo e vive com 5 netos todos estão inseridos no sistema de ensino o que não acontecia na altura em que a mesma entrou no programa.

O esposo abandonou a família em 2004, e mudou de localidade para município de Wakukungo, província de Kwanza-Sul, onde infelizmente acabou por falecer.

Desde o seu inserimento no programa Angelina consegui a sua casa própria com apoio por parte do programa de Chapas, portas, janelas e Cimento e comparticipação para todas as Crianças dentro do sistema de ensino. Apoio tem Saúde para todas as Crianças Atualmente o rendimento de Angelina Nawandi para o sustento da Família e a venda de Caporroto na sua própria residência e a Agricultura de Subsistência.